Martha Medeiros

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Hoje estava lendo uns texto de Martha Medeiros (de novo!) e me identifiquei muuito com esse:

"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos , um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."

(trecho de O Divã)

Eu particularmente detesto essas coisas mais ou menos. Eu sou passional em tudo o que faço e se não despertar meus desejos, eu não vou seguir em frente (tá, entenda como quiser haha!). Intensidade. Essa é "a" palavra! ;)

2 comentários:

Dama de Cinzas on 10 de dezembro de 2009 07:40 disse...

A indiferença é pior dos sentimentos que alguém pode ter pelo outro... Acho que é essa coisa morna... Prefiro causar ódios e paixões do que uns daqueles "fulana é legalzinha"... Affe

Bjks

Raquel Almeida . on 10 de dezembro de 2009 09:30 disse...

Com certeza, pior que o ódio é a indiferença.
Não existe nada pior do que ser chamada de legalzinha, boazinha. Parece que vc fica como coadjuvante da história, não despertar paixões nem provocar ódio.
Taí, meu próximo post será sobre isso!
haha
;*

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada